Poesias Nonsense

Brancos do Novo Mundo

Lá se vai;
O espumante Brut
Escorrendo pelo queixo…
A elegância dos brancos
Que se revela nos prantos.

Terrines e vinhos
Sugam-as falésias d’alma
E lá se vai todo o verão!.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: