Poesias Nonsense

Nada

Não existe nada
mais vazio que o

.
.
.
.
.
.
.
.
Nada!

Ainda que
.
.
.
.
.
.
.
Nada pudesse convencer-te
Tudo seria possível perceber
No meio de tanto
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Nada

Afinal de que lado estamos?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: