Poesias Nonsense

Novamente

Seus olhos, minha querida.
Não podem me enganar!

Foi o último suspiro…
Suas palavras não me atingem, querida!
Tudo retorna como déjà vu eterno
Não podes criar novas ciladas?
És tão incredúla…
Quanto mais pensa
Mais me conhece?
Engana-te
Ficou para trás…
E algum tempo depois
Retornará!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: