Poesias Nonsense

Etruscas Buscas

Todo caminho é certo
Seu destino, sua busca…
É inevitável,
Mas é hora de partir
Se jogar na proa da incerteza
E enfrentar a tempestade até o fim
Aonde serei levado?
Não há mago capaz de prever.
Que as mágoas fiquem sobre a água
Deste mar de pensamentos.
A noite e as estrelas me guiarão
As mãos sobre o rosto
Já não podem esconder
Lembranças bruxas
Bruscas, etruscas
O que me resta?
A proa, e o remo.
É hora de enfrentar estes medos..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: