Poesias Nonsense

Constituintes

CORRUPTOS!

A COR QUE RAPTA
O VERDE ESPERANÇA…
Dos olhos de miseráveis crianças
Documentos pastéis
Discursos fiéis
Colarinhos abarrotados
De pedidos…
Abarrotados canarinhos
Que neste país
Voam pelo verde esperança

E da lavagem
Fuçam a lama
Alimento a alma humana
Chacina mundana….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: