Poesias Nonsense

Na fresta do impossível

Você quer e sabe;
Você acha que não deve,  não sabe;
Escorre pelas mãos o tempo da vida.
Não sabes.
O compromisso foi mantido só por você?
Borboletas no estômago?
Você escolhe o certo.
Para aquele momento…
E todos os outros?
É um jogo de sorte ou azar.
Loiros cabelos;
Deixai o imprevisto determinar a rotina.
Loiros cabelos sinta o afago…
Loiros cabelos deixe-me entrar?
Fecharei a porta quando sair!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: