Poesias Nonsense

Soneto a Prisco

Ela se foi sem se importar…
Excluiu, sem receio, toda a falação!
E toda aquela presente falta de ação.
Ela se foi e não vai voltar!

Deletando a alegoria ou o desabrochar
Excluindo toda aquela mansidão
Sem receio, dolo ou resquício de paixão
Eh, ela se foi e não vai voltar!

Um brinquedo, sem segredo?
Um segredo, sem enredo…
Ela se foi e não irá voltar!

Esmeraldino, Vai-se cedo?
Não queras saber o fim do enredo?
Ela se foi sem se importar…

(AA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: