Língua Portuguesa Linguagem

Língua Portuguesa: Preposição

Preposição é a palavra invariável que estabelece uma relação entre dois ou mais termos da oração.

Preposição é uma classe de palavras invariável que liga dois elementos da oração, subordinando o segundo ao primeiro ou seja, o regente e o regido.

Relaciona substantivo a substantivo, verbo a substantivo, substantivo a verbo, adjetivo a substantivo, advérbio a substantivo, etc.

Ao utilizarmos duas ou mais palavras com valor de preposição, estamos
fazendo uso de locuções prepositivas, formadas por uma palavra + uma
preposição (a última palavra será sempre uma preposição).

Preposições Acidentais

Há palavras de outras classes gramaticais que, em determinadas situações, podem atuar como preposições. São, por isso, chamadas preposições acidentais.

Relações de Sentido Estabelecidas pela Preposição

A
• Condição – A continuarem os sintomas, procure um médico!
• Concessão – Ela nada comia a não ser sanduíche.
• Direção – “Levaram-no à Capital da Bahia” (Euclides da Cunha).
• Tempo – “Ao voltar, bem escovado, bem perfumado, achei a
lancha atulhada” (Eça de Queirós)
• Fim – “Ela despedaçou o lacre a ler a Seixas o papel” (José de
Alencar). Instrumento – Fizemos a prova a lápis.
• Meio – Andar a cavalo.
• Modo – Falar aos gritos.
• Lugar – “Dormindo imenso ao luar” (Castro Alves).
• Semelhança, conformidade – Maria saiu aos avós.

ANTE
• Posição anterior ou frontal – Quedou-se ante o quadro,
admirando-o.
• Causa – Ante o desfecho inevitável, todos se prepararam para
o pior.

APÓS
• Tempo posterior – As aulas terão início após as festas de fim
de ano.
• Lugar posterior – João está após Pedro.

ATÉ
• Limite de lugar – Iremos até Copacabana.
• Limite de tempo – As aulas começarão até às duas horas.

COM
• Companhia – “Dom Casmurro, domingo vou jantar com você”
(Machado de Assis).
• Soma – Quando unimos o conhecimento de Paulo com a esperteza de João, teremos o ser humano ideal.
• Modo – “Puxei, com a mão a tremer, a minha chávena de
chá…” (Eça de Queirós).
• Instrumento – Fizemos o trabalho com o computador.
• Condição – Com sorte, não pegaremos engarrafamento.
• Causa – Ele empobreceu com o Plano Collor.

DE
• Posse – Lápis de João.
• Finalidade – “E o coração… é instrumento de sopro ou de
percussão?” (Fernando Sabino).
• Origem – “Afirmava-se que o fogo começara de uma sala”
(Raul Pompéia). Matéria – “A urbs monstruosa, de barro…” (Euclides da Cunha).
• Causa – “A filha, pode ser que pálida de medo, dissimulava…”
(Machado de Assis). Modo – Ele vive de pequenos furtos.
• Assunto – “Falamos dos colegas…” (Raul Pompéia).
• Lugar – Estávamos de longe analisando o problema.
• Tempo – “Acordo de noite, subitamente” (Fernando Pessoa).
• Meio – “… coça a cabeça, irresoluto: de ônibus ou de táxi?”
(Fernando Sabino).

DESDE
• Afastamento de um lugar – Estou correndo desde o início da rua.
• Início de um tempo – Desde a chegada dele, tivemos problemas.

EM
• Lugar – “Os navios no mar apodreciam” (Castro Alves).
• Modo – É bom viver uns tempos em paz.
• Tempo – Em duas horas, ele estará presente.

Causa – Ele estava triste em não poder viajar.
• Finalidade – Ela veio aqui em auxílio.
• Matéria – A estátua é feita em ouro.

ENTRE
• Posição intermediária no espaço – Moramos entre Copacabana e Ipanema.
• Posição intermediária no tempo – Entre duas e três horas,
estaremos lá.

PARA
• Direção – “Foi assim que me encaminhei para o undiscovered
country de Hamlet…” (Machado de Assis).
• Finalidade – “… escrava rebelde e insensata, não terás mãos
nem pés para pôr em prática teus sinistros intentos” (Bernardo Guimarães).
• Conformidade – Para João, Flamengo é o melhor time do
campeonato. Restrição – Proibido para menores.

PER (DESUSO)/ POR
• Lugar – Viajamos por estradas inóspitas.
• Causa – “O parasita, feliz por ver quanto o amigo aviltava a
mulher…” (Aluísio de Azevedo)
• Tempo – “Eu sei que vou te amar / por toda a minha vida” (Vinicius de Moraes). Agente – O trabalho foi feito por João.

• Meio – Nós nos falamos por telefone.
• Comparação – “Sabe que o tomam por outro” (Fernando Sabino).

PERANTE
• Diante de – Ficamos perante o professor durante duas horas.


SEM
• Ausência (falta) – “Sem ela o que é a vida?” (Castro Alves).
• Condição – Sem passaporte, não poderão viajar.


SOB
• Posição inferior – Conversamos sob a ponte.
• Proteção – Estávamos sob o amparo da lei.
• Sujeição – “Fazia-se a crítica dos novos sob um ponto de vista
inteiramente deles” (Raul Pompéia)


SOBRE
• Posição superior – “O pé direito sobre um monte enorme de
carvões…” (Raul Pompéia).
• Assunto – “Documento iniludível permitindo o corpo de delito sobre os desmando de um povo” (Euclides da Cunha).
• Preferência (acima de) – Amar a Deus sobre todas as coisas.


TRÁS
• (DESUSO) – atrás de, depois de…

Locução Propositiva


É o conjunto de duas ou mais palavras que têm o valor de uma preposição.
A última palavra dessas locuções é sempre uma preposição.


Principais Locuções Prepositivas
abaixo de acima de acerca de
a fim de além de a par de
apesar de antes de depois de
ao invés de diante de em fase de
em vez de graças a junto a
junto com junto de à custa de
defronte de através de em via de
de encontro a em frente de em frente a
sob pena de a respeito de ao encontro de

Combinação e Contração da Preposição

Quando as preposições a, de, em e per unem-se a certas palavras, formando um só vocábulo, essa união pode ser por:

Combinação
Ocorre quando a preposição, ao unir-se a outra palavra, mantém todos os
seus fonemas.

Contração
Ocorre quando a preposição sofre modificações na sua estrutura fonológica ao unir-se a outra palavra. As preposições de e em, por exemplo, formam contrações com os artigos e com diversos pronomes.

Encontro Especiais
A contração da preposição a com os artigos ou pronomes demonstrativos
a, as ou com o a inicial dos pronomes aquele, aqueles, aquela, aquelas,
aquilo resulta numa fusão de vogais a que chamamos de crase – que deve
ser assinalada na escrita pelo uso do acento grave.
• Exemplo: a + a = à.
• Exemplo: às – àquela – àquelas – àquele – àqueles – àquilo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: