8º ANO 9º ANO Língua Portuguesa Linguagem

Lição 7 – Você fala português?

Guia de estudos de Língua Portuguesa para a quarentena, focando as séries finais do Ensino Fundamental e o Currículo Paulista.

Olá


Você está no roteiro de estudos de Língua Portuguesa da Escola Estadual Januário Sylvio Pezzotti.
Aqui você encontrará os materiais didáticos e atividades referentes a cada unidade que também estão disponíveis no site da escola ( https://januariopezzotti.wixsite.com/website)

Observe que em cada unidade há diversos recursos e elementos para tornar a sua aprendizagem mais significativa.

Não deixe de acompanhar o calendário e os prazos estipulados. O estudo na modalidade online requer muita dedicação e organização.

As unidades são compostas de:

Material Teórico
Recursos Audiovisuais
Exercícios / Atividades
Material Complementar

Recomendações Importantes:

:: Leia atentamente o material teórico.
:: Explore os recursos digitais contidos na unidade.
:: Participe ativamente dos fóruns de discussão.
:: Realize as atividades da unidade com bastante atenção.
:: Se estiver com dúvidas, não deixe de entrar em contato com o seu professor tutor.

Lembre-se este material estará disponível no Google Classroom (é só mandar seu e-mail que incluiremos você na sala virtual.

Se tiver dúvida em relação às palavras utilizadas neste material utilize um dicionário ou consulte o significado da mesma na internet.

Bons estudos!

Fonte: https://www.portaltucuma.com.br/babu-tenta-fazer-a-coreografia-de-ragatanga-e-vira-meme-na-internet/

De onde vem o Português?

Se a escrita é uma herança histórica. Porque falamos português?

Como vimos, o português é fruto do galego-lusitanio que é originário do latim vulgar.


Porém, é preciso lembrar que antes da chegada dos Portugueses, existiam línguas orais indígenas (ou seja, não havia escrita).

Tupi Guarani

“(…) o fato é que o litoral era dos Tupinambá e dos Guarani quando o Brasil foi descoberto. Esses dois blocos, contudo, não formavam duas grandes unidades políticas regionais: estavam divididos, nas palavras dos cronistas, em várias “nações”, “castas”, “gerações” ou “parcialidades”, algumas aliadas entre si, outras inimistadas até a morte.”

FAUSTO, Carlos. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 2000, p. 74.

Conheça mais assistindo os vídeos abaixo e lendo o material:

E algo surpreende aconteceu após 1500.

A presença do branco europeu e a convivência com os índios mudou o português de Portugal para sempre.

Até o final do século XVIII, a língua falada no Brasil era conhecida como Língua Geral Paulista que era a junção do Português com o Tupi.

Este fenômeno mudou completamente o português e influencia até hoje o jeito do brasileiro falar, a
chamada língua dos “caepira” (caipira).

Assista os vídeos abaixo:
Texto antigo relatando as línguas indígenas (Fonte: http://www.etnolinguistica.org/doc:14)

Nheengatu e palavras de origem indígena

O nheengatu surgiu no século XIX, como uma evolução natural da língua geral , em um desenvolvimento paralelo ao da língua geral paulista, que acabou se extinguindo. Até o século XIX, foi veículo da catequese e da ação social e política luso-brasileira na Amazônia, sendo mais falada que o português no Amazonas e no Pará até 1877. Atualmente, continua a ser falado por aproximadamente 19 060 pessoas na região do vale do Rio Negro. (Fonte: Wikipedia)

Palavras de origem indígena


Além do Tupi, o Português também sofreu influência de línguas africanas, árabes, dentre outras.
Vamos conhecer um pouquinho mais? Confira o material abaixo:

Palavras de origem árabe

Palavras de origem africana

Você fala mesmo português?

Não deixe de fazer os exercícios aqui

Confira as lições novamente

Lição 1 – Contrato Social

Lição 2 – Patrono Literário

Lição 3 – Administrando o tempo

Lição 4 -Vida e obra

Lição 5 – Guia de Autores

Lição 5.1 – Seja você o poeta

Lição 6 – Alpha e Beta

Lição 6 – Sugestão de Leitura – Auto da Barca do Inferno

Competências / Habilidades

(EF69LP10) Produzir notícias para rádios, TV ou vídeos, podcasts noticiosos e de opinião, entrevistas, comentários, vlogs, jornais radiofônicos e televisivos, dentre outros possíveis, relativos a fato e temas de interesse pessoal, local ou global e textos orais de apreciação e opinião, orientando-se por roteiro e contexto de produção.

(EF69LP19) Analisar, em gêneros orais que envolvam argumentação, os efeitos de sentido de elementos típicos da modalidade falada, como a pausa, a entonação, o ritmo, a gestualidade e expressão facial, as hesitações etc.

(EF69LP44) Inferir a presença de valores sociais, culturais e humanos e de diferentes visões de mundo, em textos literários, reconhecendo nesses textos formas de estabelecer múltiplos olhares sobre as identidades, sociedades e culturas e considerando a autoria e o contexto social e histórico de sua produção.

(EF69LP46) Participar de práticas de compartilhamento de leitura/recepção de obras literárias/manifestações artísticas, tecendo, quando possível, comentários de ordem estética e afetiva

  • Com Base no Currículo Paulista 2020

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: