Notícias

Instituto lança versão digital do Acervo Vladimir Herzog

O Acervo disponibiliza tanto a documentação pessoal preservada por mais de quatro décadas por esforço da família Herzog, quanto outros materiais mapeados em mais de 20 instituições e acervos públicos e privados, digitalizados e licenciados para uso no acervo
Além de jornalista, Vlado foi um intelectual de talentos múltiplos: esteve envolvido, por exemplo, com o cinema, o teatro, a fotografia. (Imagem disponível em <https://www.redebrasilatual.com.br/sem-categoria/2019/08/ocupacao-traz-o-cidadao-jornalista-e-quase-cineasta-vladimir-herzog/> Acesso 27 de junho de 2020.

Foi lançando esta semana a versão digital do Acervo Vladimir Herzog na semana do 83º aniversário de vida de Vlado. O lançamento aconteceu com uma transmissão ao vivo no Youtube e Facebook do IVH com o tema “Acervo Vladimir Herzog – vida e memória em defesa da democracia”, com a participação de Bianca Santana, Ivo Herzog, Luis Ludmer e Rogério Sottili.

De fotografias a correspondências, são mais de 1700 itens digitalizados sobre a trajetória profissional e pessoal do jornalista. Resultado de dois anos de trabalho, o projeto preenche uma lacuna histórica, disponibilizando à sociedade também a vida e a obra de Vladimir Herzog, para além de seu trágico assassinato por agentes da ditadura militar em outubro de 1975.

Além de jornalista, Vlado foi um intelectual de talentos múltiplos: esteve envolvido, por exemplo, com o cinema, o teatro, a fotografia. O Acervo disponibiliza tanto a documentação pessoal preservada por mais de quatro décadas por esforço da família Herzog, quanto outros materiais mapeados em mais de 20 instituições e acervos públicos e privados, digitalizados e licenciados para uso no acervo.

O lançamento do Acervo Vladimir Herzog neste momento é um gesto de enfrentamento ao revisionismo histórico e à negação dos horrores promovidos pela ditadura militar no Brasil. Assim, este lançamento faz parte da missão do IVH em promover a Memória, a Verdade e a Justiça – é preciso conhecer nosso passado para romper com os ciclos de violência que se perpetuaram em nossa história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: