8º ANO educação Língua Portuguesa

ATIVIDADE 04 (parte II) É… FAKE DÓI…

Roteiro de estudos de Língua Portuguesa para a ATIVIDADE 04, parte II do terceiro bimestre de 2020
Olá
Você está no roteiro de estudos para o terceiro bimestre elaborado pelo professor Antonio Archangelo, de Língua Portuguesa, da Escola Estadual Januário Sylvio Pezzotti, Rio Claro/SP.

Durante o período de isolamento social, este material garantirá a continuidade de seus estudos visando, sobretudo, manter o vínculo com a comunidade escolar e as metas/objetivos de vida para este ano letivo.

Em cada uma das atividades você terá que:
Assistir as aulas no Centro de Mídias;

Concluir a leitura do Roteiro disponibilizado neste site, no grupo de WhatsApp, no Google Classroom ou impresso na escola;
Concluir a leitura complementar sugerida / Participar do projeto de prática;
Concluir o Exercício proposto;
Participar do Fórum.

TERÇA-FEIRA Araçatuba, 14 de abril de 2020. Ano 17 Nº 402 | 1º edição, 07 h
ARTIGOS 14/04/2020 – 15h20min.

Texto 6 – É… FAKE DÓI…

Você já compartilhou alguma mensagem enviada por aplicativos no celular ou em redes sociais sem antes checar a veracidade das informações? Quando nos deparamos com notícias, nem sempre é fácil perceber se o conteúdo é duvidoso ou não. É preciso ficar atento se o texto lido não é uma sátira ou paródia, com piadas que imitam a forma de se escrever uma notícia.

Esse tipo de texto, não pretende, a princípio, enganar. No entanto, pessoas mal-intencionadas podem disseminá-lo como sendo sério e verdadeiro, e muita gente pode acreditar em
algo que, em princípio, tratava-se de um conteúdo humorístico, por exemplo.
Outra coisa que devemos observar é se no material que estamos lendo, as fotos, títulos e legendas usados estão de acordo com o texto. Muitas pessoas leem as notícias a partir de seus títulos, que são elaborados com o objetivo de atrair o leitor, mas ao verificar o conteúdo percebe-se que eles estão totalmente desconectados do texto, por exemplo.


No período das eleições um tipo de fake news circulou muito. Era aquele no qual falas retiradas do contexto em que foram produzidas eram manipuladas com o objetivo de prejudicar alguns candidatos.
Então, uma dica muito importante, além dessas anteriores, é ficar atento quanto ao conteúdo da notícia que você está lendo. Ele pode ter sido fabricado, ou seja, é 100% falso e tem o claro objetivo de enganar o leitor. Pode também ter sido manipulado, isto é, ocorre quando imagens ou notícias são alteradas para passar mensagem diferente do original.


E existem casos ainda mais sofisticados, quando dados falsos são atribuídos a uma fonte conhecida, por exemplo, estudos ou pesquisas que nunca existiram usam fontes confiáveis como origem para enganar o leitor, já que ganham um ar de autoridade, ainda que falso, utilizando os chamados conteúdos impostores. Por fim um outro tipo muito comum é o enganoso, quando dados reais são usados para levar a uma conclusão inadequada.


Um exemplo assustador sobre o poder das fake news é o que aconteceu com a dona de casa Fabiane Maria de Jesus. Em maio de 2014, ela foi brutalmente assassinada após ter sido acusada de praticar magia negra, na cidade de Guarujá, estado de São Paulo. Ela foi amarrada e agredida por várias pessoas. Após algumas horas de agressão, foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Uma notícia falsa divulgada pelas redes sociais com a foto de uma suposta praticante de magia negra utilizando crianças motivou o crime. A dona de casa foi confundida com ela, mesmo não sendo muito parecida. Nas redes sociais, muitas informações falsas, com relatos mentirosos de pessoas que diziam ter testemunhado os sequestros, fez com que a história rapidamente se espalhasse. Ao se compartilhar uma notícia, a forma como ela é disseminada, assemelhase à entrada em um labirinto com infindáveis conexões.

É fácil perder o controle, e aquele simples clique no botão de compartilhar pode estar contribuindo para prejudicar uma ou várias pessoas. Na mitologia, o monstro Minotauro foi morto pelo herói Teseu, mas somente depois de muitas vítimas terem sido devoradas. Assim acontece com as fakes news, quando são detectadas e podem ser combatidas, já deixaram um rastro terrível de destruição, e até mesmo mortes.


O fato ocorrido com Fabiane foi terrível. Parece até mentira, mas infelizmente não é. Por isso, nunca compartilhe notícias antes de checar as fontes. Fake news podem, efetivamente, matar.

Após a leitura, responda às seguintes questões: 

1 – Como você definiria fake news? 

2 – Faça um breve resumo dos cuidados que devemos ter ao compartilhar informações ou notícias. 

3 – Como são definidos os conteúdos elencados no quadro a seguir?

ConteúdoDefinição
fabricado
manipulado
impostor
enganoso

4 – O texto apresenta como exemplo um fato ocorrido em 2014, no Guarujá, estado de São Paulo. Faça uma pesquisa sobre ele e escreva quais desdobramentos ocorreram depois.

5 – Releia o trecho a seguir. Há uma relação de intertextualidade? Justifique.

“Ao se compartilhar uma notícia, a forma como ela é disseminada, assemelha-se à entrada em um labirinto com infindáveis conexões. É fácil perder o controle, e aquele simples clique no botão de compartilhar pode estar contribuindo para prejudicar uma ou várias pessoas. Na mitologia, o monstro Minotauro foi morto pelo herói Teseu, mas somente depois de muitas vítimas terem sido devoradas. Assim acontece com as fakes news, quando são detectadas e podem ser combatidas, já deixaram um rastro terrível de destruição, e até mesmo mortes.”

6 – Considerando a forma como as notícias se espalham pela internet e pelas redes sociais, como você definiria a expressão infindáveis conexões?

7 – Como você acredita que seria possível alertar as pessoas para não compartilharem notícias falsas? Discuta com seus colegas meios para alertar a comunidade em relação a isso.

8 – A imagem a seguir faz parte de uma campanha do Conselho Nacional de Justiça para combater fake news. Como podemos associá-la ao texto lido?

Imagem disponível em:. www.cnj.jus.br . Acesso em: 17 fev. 2020.

FÓRUM – ATIVIDADE 4

Utilize o Youtube, Tiktok, Instagram, Facebook, Twitter ou qualquer aplicativo social para DAR exemplos de  FAKE NEWS.

Lembre-se
Para concluir a tarefa, você terá que entrar em contato com o professor e marcá-lo na postagem utilizando o perfil dele no app que você estará utilizando.


Lembre-se, pergunte a ele qual é o app que utilizará e em qual estará marcando-o.
IMPORTANTE: Envie o link com o material no Fórum do Classroom.

Faça sua tarefa aqui: https://forms.gle/H74r1y7FV4WKdNe1A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: