cidadania Política

Coluna do Camões: As moscas continuam as mesmas

O Estado é laico e assim deve permanecer. Não se deve escolher por apreço a uma determinada religião e sim ao currículo
  • ATO FALHO: Passada a alegria, vamos aos fatos: não se tem gestão melhor, nomeando gestor reprovado pelo Tribunal de Contas. É um claro sinal de que nem tudo será como no discurso eleitoral, mais uma vez…
  • ATO FALHO II: Não é implicância a nomes, mas em política, o discurso e as ações formam a opinião do povo e dos servidores sobre o gestor. Se tu promete uma cidade melhor e na primeira oportunidade indica gestor reprovado pelo Tribunal de Contas, indica duas situações: ou não se tem nomes qualificados ou não importa a opinião dos cidadãos pensantes. E uma simples escolha deflagra o descontentamento silencioso antes mesmo do início.
  • BOI DE PIRANHA: Se bem que utilizar boi de piranha, neste momento, pode ser uma estratégia inteligente. Você dá o doce a criança e a opinião pública rejeita o nome. Ou seja, a sua parte do acordo está cumprida, compete ao partido aliado indicar outro nome agora…
  • LAICO: O Estado é laico e assim deve permanecer. Não se deve escolher por apreço a uma determinada religião e sim ao currículo. E disse um funcionário municipal: saí um bando de maçon e entra um bando de pastor (é óbvio que retirei o carinhoso elogio grafado).
  • CONVÊNIOS: Os conselhos municipais e a sociedade organizada devem tomar para si a fiscalização de contratos e convênios como o com a faculdade que explora o curso de medicina ou mesmo com a irmandade que atende a população. Contrato sem transparência é alento pro diabo. E tem mais, não se pode fazer parceria em obras e entregar um puxadinho com PVC e colocar placa de ampliação. Isso é um escárnio!
  • AO POVO O CHORO: E disse certa vez um guru: nem fala nada, deixa eles caírem do cavalo… Será que esse é o papel de um cidadão que quer o bem da cidade? Essa é a política local: poder pelo poder. Favores aos amigos e ao povo o choro…
  • BATOM NA CUECA: Não pense que eles terão vida fácil para fazer coisa errada. Uma vez a prefeitura na Audesp é batom na cueca de malandro, disse certa vez um conselheiro…
  • PENSE ADIANTE: A política é um desestímulo mesmo, infelizmente. Não coloque suas expectativas nisso. Você é um cara muito inteligente. Pense adiante!

Confira a Coluna no Diário do Rio Claro: http://j1diario.com.br/as-moscas-continuam-as-mesmas-por-antonio-archangelo/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: