COVID-19: Nova variante com alto índice de mutações preocupa e cientista pede ajuda: o mundo precisa ajudar a África

Uma nova variante do COVID-19, denominada de Omicron (B.1.1.529) deflagrou um série de alertas de cientistas ao redor do mundo nessa sexta-feira, 26, sobretudo pelo twitter. A preocupação é a aparição de um grade número de mutações do vírus que circula na África do Sul e Botswana.

Jeffrey Barrett, diretor científico da Nightingale Health e líder do rastreamento genômico da Covid-19, disse em seu twitter que detectou “nove mutações vistas anteriormente […], mas esta variante tem uma amostra sem precedentes de mutações vistas anteriormente em Alfa, Beta, Gama e Delta separadamente”.

Divulgação/ Redes Sociais

“Há um grupo de 4 substituições próximas que não foram vistas antes, mas estão tão próximas que dúvido de sua coincidência. Eles também estão muito próximos do local de ligação (previamente conservado) do sotrovimab, um anticorpo terapêutico” disse.

Divulgação/ Redes Sociais

O diretor do Centro para Resposta a Epidemias e inovação, África do Sul, Tulio de Oliveira, através do twitter, chegou a clamar por apoio internacional para o combate a nova variante. De acordo com ele, “o mundo deve fornecer apoio à África do Sul e à África e não discriminá-la ou isolá-la! Ao protegê-lo e apoiá-lo, protegeremos o mundo! Um apelo para bilionários e instituições financeiras” disse.

Divulgação/Rede Sociais

“Temos sido muito transparentes com as informações científicas. Identificamos, tornamos os dados públicos e alertamos, pois as infecções estão aumentando. Fizemos isso para proteger nosso país e o mundo, apesar de sofrermos potencialmente uma discriminação massiva” disse Tulio.

Divulgação/Rede Sociais

“Esta nova variante é realmente preocupante no nível mutacional. A África do Sul e a África precisarão de apoio (financeiro, de saúde pública, científico) para controlá-la para que não se espalhe pelo mundo. Nossa população pobre e carente não pode ficar presa sem apoio financeiro” desabafou.

Divulgação/Rede Sociais

O Epidemiologista e economista da saúde, Eric Feigl-Ding, também informou em suas redes sociais que “A Comissão Europeia recomendou que os países da UE introduzam um ‘freio de emergência’ nas viagens da África do Sul devido a #B11529 … para ajudar a ‘limitar a propagação’, recomendando que todas as viagens aéreas para os países afetados sejam suspensas e ‘respeite regras estritas de quarentena’ “.

“Meu Deus – a nova variante #B11259 sendo possivelmente cerca de 500% mais infecciosa em termos competitivos é a estatística mais impressionante até agora. Além disso, #NuVariant tem mais do que > 2x o número de mutações de pico ruins do que a Delta” disse. Até o momento, há um caso confirmado da variante Nu na Bélgica, um caso em Israel e 2 casos pegos na quarentena de um hotel de Hong Kong.

Divulgação/Rede Sociais

Para John Burn-Murdoch, responsável por gráficos e estatíticas ligadas ao COVID-19 do jornal Financial Times, “os dados aqui são ‘muito’ preliminares, então tudo pode mudar. No entanto, é melhor prevenir do que remediar” declarou.

Divulgação/Rede Sociais

A biomédica Mellanie Fontes-Dutra, coordenadora da Rede @analise_covid19, também usou seu twitter para comentar sobre a nova variante. “Sobre a B.1.1.529: Não temos evidência de que vacinas não protegeriam; Não temos indicativo claro de que se tornará dominante, mas temos vários alertas; Não voltaremos a estaca zero da pandemia, que fique claro. Mas precisamos AGIR AGORA pra não viver situações complicadas” disse.

Divulgação/Rede Sociais

A Organização Mundial da Saúde designou a nova cepa #B11529 como classificação de risco de alta prioridade de “variante de preocupação” e deu a ela o nome grego #Omicron.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s