Arquivos da Categoria: Palácios Cinzas

Capítulo XI

Capítulo XI – O fim da República Nota do autor: Assim como profecias, as palavras deste folhetim ganham contornos reais que são mera coincidência? Depois da captura das planilhas no sertão do Morro Azul, Wilsinho foi surpreendido com noticiário: Bahia estava preso! O senhor do gado, tinha a promessa do vice Michael, que os juízes blindariam o esquema para o

Avalie isto:

Ler mais

Capítulo V – Conversa Griô

Capítulo V – Conversa Griô Capítulo V **** Conversa Griô Nos dias seguintes, a massa-manobra era conduzida como gado para as ruas da Bruzundanga. Não que faltassem motivos das outras vezes, mas o descontentamento com a dama de vestidinho-comunista levou milhares de revoltosos para as praças públicas. Toda manipulação da orgia-política-feiticeira atrás das câmeras das emissoras. A gasolina disparou, às famílias endividadas, o

Avalie isto:

Ler mais

Capítulo IV – Reunião Familiar

Capítulo IV – Reunião Familiar Capítulo IV **** Reunião familiar Ikke e Ronei estavam na sala do escritório em Botafogo. Encenaram a falência e foi o suficiente. A televisão ligada. Um a um, a lista dos escolhidos. Os achacadores do Congresso, os que receberam polpudas quantias de empreiteiras “governamentais”. O toma lá, dá cá democrático. O combinado era apurar o Congresso,

Avalie isto:

Ler mais
Entradas recentes »