Quem é Antonio Archangelo?

Antonio Archangelo é professor, poeta, escritor, publicitário, jornalista, gestor, auditor em Saúde. E Mestre em Gestão da Clínica pela UFSCAR

Nascido no dia 24 de abril de 1985, em Ourinhos/SP, Antonio Archangelo é professor de língua portuguesa, poeta, escritor, publicitário, jornalista, músico, compositor, gestor e auditor em Saúde. Mestre em Gestão da Clínica pela UFSCar foi membro fundador da banda de rock Delunes (2004-2018). Como jornalista foi repórter, editor e chefe de redação trabalhando no Diário do Rio Claro (2007-2012), Jornal Cidade de Rio Claro (2012-2016) e Guia Rio Claro (2012). Atuou como Chefe de Gabinete e Diretor da Fundação Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Finanças. Mora no município de Rio Claro, terra natal de seus antepassados, desde o ano de 1992.

Trajetória na imprensa

Chegou ao Diário do Rio Claro quando buscava um estágio de redator publicitário para concluir a graduação. Lá, chegou a posição de editor-chefe em 2012, lançando o jornal na era digital ao iniciar o primeiro escopo de social media do veículo, modernização do site, atualização do projeto gráfico, distribuição e modernização da redação.

No Jornal Cidade, iniciou com repórter e, depois, editor de política sob comando de Ludmar Gonzalez. Lançou a coluna política “Politika” (2013-2016) e passou a desempenhar função de comentarista político da Rádio Excelsior Jovem Pan (do mesmo Grupo). Foi integrante do bem sucedido programa “Caldeirão da redação” que misturava temas polêmicas e política e do “Redação em Debate”, ambos pela mesma emissora.

Com o sucesso foi convidado a realizar um programa semanal de entrevistas polêmicas na emissora sob o nome “Na roça, com Antonio Archangelo” que perdurou somente uma temporada. Archangelo também foi colunista e jornalista da Revista JC Magazine. Era responsável pelo fechamento da edição impressa do Jornal Cidade de Rio Claro (2014-2016).

GESTOR PÚBLICO

Em 2016, a convite do prefeito eleito João Teixeira Júnior (DEM) participou da formação e composição inicial da gestão estratégica da Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro, responsável pelo gerenciamento do Sistema Único de Saúde do município. Após concluir o MBA em Auditoria em Saúde passou a auditar as contas e processos da autarquia fundacional.

Ocupou o cargo de Chefe de Gabinete da Fundação Municipal de Saúde e foi destinado para reorganizar contratos administrativos de todo o município, incluindo contratos da Secretaria de Educação, Mobilidade Urbana, Segurança, dentre outros na recém implantada Central de Compras de Rio Claro/SP. Em pouco mais de quatro meses, atualizou e deixou em dia os contratos da Prefeitura. Promoveu, junto com a equipe, a instituição de fluxos administrativos,  e, em tempo recorde, entregou seis imóveis alugados que estavam sem uso pela municipalidade e foi escolhido como presidente da Comissão de Licitação daquele município.

Na Saúde, auxiliou vários projetos. Foi responsável pelo escopo e operacionalização do projeto que viria a ser denominado como “Mais Saúde”, com a contratação e a vinda de carretas de atendimento de especialidades no antigo Espaço Livre, da Avenida Visconde.

Além da retomada, construção e entrega de seis unidades de Saúde da Família, base descentralizada do SAMU  e reforma e readequação da Unidade de Saúde Jardim das Palmeiras, ambas concluídas na gestão Maria Clélia Bauer. Foi o principal responsável por articular a realização do 32º Congresso de Secretários Municipais do Estado de São Paulo, em Rio Claro, no ano de 2018.

Em abril de 2019, retornou a Fundação de Saúde com objetivo de reorganização do Departamento de Gestão de Pessoas com mais de 1.500 servidores públicos, promovendo a institucionalização, implantação das seguintes medidas, com apoio e diretrizes da presidência da Fundação Municipal de Saúde:

  1. Controle de jornada de trabalho de todos os servidores (inclusive comissionados), com a implantação de relógios de pontos em todas as unidades; 
  2. Institucionalização das regras de transferência de servidores de unidade de saúde para eliminar deslocamento com viés político; 
  3. Regulamentação das escalas e plantões com objetivo de transparência;
  4. Acesso à informação por parte da população através de publicação de atos administrativos no Diário Oficial, antes não publicados; 
  5. Auditoria de todas as gratificações e  demais de 90 ocorrências da Folha de Pagamento da Fundação; 
  6. Saneamento das distorções no pagamento de horas extras; 
  7. Aplicação da lei para o recebimento de salários até o teto constitucional  para todos os servidores da autarquia fundacional; 
  8. Estudo sobre a redução de cargos comissionados;
  9. Estudo sobre a readequação da administração da autarquia;
  10. Estudo para equiparação salarial de carga horária de várias funções administrativas; 
  11. Estudo para a criação do Estatuto dos Servidores da Saúde Pública;
  12. Início do processo de institucionalização do Manual de Normas de Processo no âmbito da Fundação;  
  13. Unificação do departamento junto ao SESMT e NESTD; 
  14. Junto a Diretoria Administrativa e Financeira, eliminação dos tickets de papéis para alimentação dos plantonistas, implantando cartão magnético para o mesmo fim;
  15. Institucionalização e regulamentação dos processos de estágio conforme a legislação com transparência, acabando com o apadrinhamento político;
  16. Institucionalização do comitê gestor do COAPES (Contratos Organizativos de Ação Pública de Ensino-Saúde), aprovação do regimento interno e início da formatação dos modelos de contrapartidas pelas IES;
  17. Saneamento de desvios de funções, empréstimo de servidores sem ato administrativo;
  18. Fortalecimento do Departamento, definindo núcleos e restabelecendo controles e fluxos;
  19. Criação da Comissão de Ética em Pesquisa no SUS local;
  20. Criação, organização e monitoramento da presença da autarquia nas redes sociais englobando Facebook, Twitter, Instagram, Tumblr, Youtube, Linkedin;
  21. Implantação de fluxo de controle e criação de protocolo do setor;
  22. Início da organização da Política de Saúde do Trabalhador da própria Fundação de Saúde;
  23. Atendimento integral a recomendações e apontamentos do Ministério Público do Estado de São Paulo, Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Ministério Público Federal;
  24. Estimativa de economia média, com a otimização das medidas supracitadas, de R$ 0,10 por segundo aos cofres municipais desde o dia 01 de abril de 2019.

Em 2020, com a aproximação do período eleitoral, decide deixar o cargo comissionado para dedicar-se na conclusão de sua dissertação de mestrado ao Programa de Pós-Graduação em Gestão da Clínica (PPGGC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), deixando o governo municipal no dia 10 de janeiro de 2020. No dia 13 de março, do mesmo ano, passa a dedicar-se a carreira docente assumindo salas em caráter temporário na rede estadual de Ensino.

DOCÊNCIA

Em 2020, cria e aplica a metodologia “Poemas Uivantes para Seres Falantes: Proposta de Multiletramentos na Rede Pública” lançando livro sobre o tema em 2021. Ganha destaque na rede estadual com a criação da Rede de jornais escolares Camões, criando – até abril de 2021 – quatro jornais escolares.

Passou a atuar dando aulas em universidades (esporadicamente), além da produção de conteúdo, de palestras e treinamentos a docentes. Atualmente dedica-se no desenvolvimento da metodologia.

NA LITERATURA

Sua paixão por literatura começou no Ensino Médio com a criação fictícia do Movimento Literário do Século XXI. Em 2019, lança seu primeiro livro pela editora Buriti: “Ápeiron”. Nos meses subsequentes, lançou:

Ápeiron (2019)Amazon ou Clube dos Autores

Homeomerias (2019)Amazon ou Clube dos Autores

Nheengatu (2020)Amazon ou Clube dos Autores

Ataraxia (2020)Amazon ou Clube dos Autores

NA MÚSICA

Compositor e músico autodidata foi membro fundador da banda R.A.R.U.S (1998), Nothanxs (2003), Delunes (2004-2018). Em 2010, assina contrato com o selo Blast Stage Records para o lançamento do EP “Las Vegas”. Disco que foi lançado somente em 2017. Assina a composição de todas as músicas unto com os demais integrantes, se filiando a Associação Brasileira de Compositores.

Foi compositor, produtor e roteirista do clipe da música Mexicalli, single do EP que chegou a ser distribuído pela ATV Sony Music. Comercialmente, a banda chega ao fim em 2017.

VIDA PESSOAL

Casou-se com Thais Machado Bueno em 2014. Possui quatro filhos: Cristiano, Emanuela Sarah e Olívia.


Antonio Archangelo em 2017

Currículo Lattes

Linkedin

Vamos construir algo juntos.


1 comentário

  1. Hello

    I have just checked antonioarchangelo.com for its Local SEO Trend and seen that your website could use an upgrade.

    We will enhance your Local Ranks organically and safely, using only whitehat methods, while providing Google maps and website offsite work at the same time.

    Please check our pricelist here, we offer SEO at cheap rates.
    https://speed-seo.net/product/local-seo-package/

    Start improving your local visibility with us, today!

    regards
    Mike Albertson

    Speed SEO Digital Agency
    support@speed-seo.net

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: