Quem é Antonio Archangelo?

Mestre em Gestão da Clínica pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), bacharel em Comunicação Social e especialista em auditoria em Saúde (MBA). Membro do Grupo Temático de Monitoramento e Avaliação de Programas, Serviços, Sistemas e Políticas de Saúde – GT de Avaliação da Abrasco e do Gesteld – Grupo de Estudos em Educação, Sexualidade, Tecnologias, Linguagens e Discursos. Atualmente é professor de Educação Básica da rede estadual de São Paulo lecionando a disciplina de Língua Portuguesa. Tem experiência na área de Comunicação com ênfase em eleições, política e jornalismo cidadão; Administração Pública com ênfase em Contratos, Licitações, Planejamento Estratégico e Transparência; Educação com ênfase em Língua, Literatura, Tecnologias; e Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Políticas de Saúde, Sistema Único de Saúde, Educação Permanente em Saúde, Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Saúde da Família e Educação e Saúde Popular.

Nascido no dia 24 de abril de 1985, em Ourinhos/SP, Antonio Archangelo é professor de língua portuguesa, poeta, escritor, publicitário, jornalista, músico, compositor, gestor e auditor em Saúde. Foi membro fundador da banda de rock Delunes (2004-2018). Como jornalista foi repórter, editor e chefe de redação trabalhando no Diário do Rio Claro (2007-2012), Jornal Cidade de Rio Claro (2012-2016) e Guia Rio Claro (2012). Atuou como Chefe de Gabinete e Diretor da Fundação Municipal de Saúde e na Secretaria Municipal de Finanças de Rio Claro/SP. Mora no município de Rio Claro, terra natal de seus antepassados, desde o ano de 1992.

Trajetória na imprensa

Chegou ao Diário do Rio Claro quando buscava um estágio de redator publicitário para concluir a graduação. Lá, chegou a posição de editor-chefe em 2012, lançando o jornal na era digital ao iniciar o primeiro escopo de social media do veículo, modernização do site, atualização do projeto gráfico, distribuição e modernização da redação.

No Jornal Cidade, iniciou com repórter e, depois, editor de política sob comando de Ludmar Gonzalez. Lançou a coluna política “Politika” (2013-2016) e passou a desempenhar função de comentarista político da Rádio Excelsior Jovem Pan (do mesmo Grupo). Foi integrante do bem sucedido programa “Caldeirão da redação” que misturava temas polêmicas e política e do “Redação em Debate”, ambos pela mesma emissora.

Com o sucesso foi convidado a realizar um programa semanal de entrevistas polêmicas na emissora sob o nome “Na roça, com Antonio Archangelo” que perdurou somente uma temporada. Archangelo também foi colunista e jornalista da Revista JC Magazine. Era responsável pelo fechamento da edição impressa do Jornal Cidade de Rio Claro (2014-2016).

GESTOR PÚBLICO

Em 2016, a convite do prefeito eleito João Teixeira Júnior (DEM) participou da formação e composição inicial da gestão estratégica da Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro, responsável pelo gerenciamento do Sistema Único de Saúde do município. Após concluir o MBA em Auditoria em Saúde passou a auditar as contas e processos da autarquia fundacional.

Ocupou o cargo de Chefe de Gabinete da Fundação Municipal de Saúde e foi destinado para reorganizar contratos administrativos de todo o município, incluindo contratos da Secretaria de Educação, Mobilidade Urbana, Segurança, dentre outros na recém implantada Central de Compras de Rio Claro/SP. Em pouco mais de quatro meses, atualizou e deixou em dia os contratos da Prefeitura. Promoveu, junto com a equipe, a instituição de fluxos administrativos,  e, em tempo recorde, entregou seis imóveis alugados que estavam sem uso pela municipalidade e foi escolhido como presidente da Comissão de Licitação daquele município.

Na Saúde, auxiliou vários projetos. Foi responsável pelo escopo e operacionalização do projeto que viria a ser denominado como “Mais Saúde”, com a contratação e a vinda de carretas de atendimento de especialidades no antigo Espaço Livre, da Avenida Visconde.

Além da retomada, construção e entrega de seis unidades de Saúde da Família, base descentralizada do SAMU  e reforma e readequação da Unidade de Saúde Jardim das Palmeiras, ambas concluídas na gestão Maria Clélia Bauer. Foi o principal responsável por articular a realização do 32º Congresso de Secretários Municipais do Estado de São Paulo, em Rio Claro, no ano de 2018.

Em abril de 2019, retornou a Fundação de Saúde com objetivo de reorganização do Departamento de Gestão de Pessoas com mais de 1.500 servidores públicos, promovendo a institucionalização, implantação das seguintes medidas, com apoio e diretrizes da presidência da Fundação Municipal de Saúde:

  1. Controle de jornada de trabalho de todos os servidores (inclusive comissionados), com a implantação de relógios de pontos em todas as unidades; 
  2. Institucionalização das regras de transferência de servidores de unidade de saúde para eliminar deslocamento com viés político; 
  3. Regulamentação das escalas e plantões com objetivo de transparência;
  4. Acesso à informação por parte da população através de publicação de atos administrativos no Diário Oficial, antes não publicados; 
  5. Auditoria de todas as gratificações e  demais de 90 ocorrências da Folha de Pagamento da Fundação; 
  6. Saneamento das distorções no pagamento de horas extras; 
  7. Aplicação da lei para o recebimento de salários até o teto constitucional  para todos os servidores da autarquia fundacional; 
  8. Estudo sobre a redução de cargos comissionados;
  9. Estudo sobre a readequação da administração da autarquia;
  10. Estudo para equiparação salarial de carga horária de várias funções administrativas; 
  11. Estudo para a criação do Estatuto dos Servidores da Saúde Pública;
  12. Início do processo de institucionalização do Manual de Normas de Processo no âmbito da Fundação;  
  13. Unificação do departamento junto ao SESMT e NESTD; 
  14. Junto a Diretoria Administrativa e Financeira, eliminação dos tickets de papéis para alimentação dos plantonistas, implantando cartão magnético para o mesmo fim;
  15. Institucionalização e regulamentação dos processos de estágio conforme a legislação com transparência, acabando com o apadrinhamento político;
  16. Institucionalização do comitê gestor do COAPES (Contratos Organizativos de Ação Pública de Ensino-Saúde), aprovação do regimento interno e início da formatação dos modelos de contrapartidas pelas IES;
  17. Saneamento de desvios de funções, empréstimo de servidores sem ato administrativo;
  18. Fortalecimento do Departamento, definindo núcleos e restabelecendo controles e fluxos;
  19. Criação da Comissão de Ética em Pesquisa no SUS local;
  20. Criação, organização e monitoramento da presença da autarquia nas redes sociais englobando Facebook, Twitter, Instagram, Tumblr, Youtube, Linkedin;
  21. Implantação de fluxo de controle e criação de protocolo do setor;
  22. Início da organização da Política de Saúde do Trabalhador da própria Fundação de Saúde;
  23. Atendimento integral a recomendações e apontamentos do Ministério Público do Estado de São Paulo, Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Ministério Público Federal;
  24. Estimativa de economia média, com a otimização das medidas supracitadas, de R$ 0,10 por segundo aos cofres municipais desde o dia 01 de abril de 2019.

Em 2020, com a aproximação do período eleitoral, decide deixar o cargo comissionado para dedicar-se na conclusão de sua dissertação de mestrado ao Programa de Pós-Graduação em Gestão da Clínica (PPGGC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), deixando o governo municipal no dia 10 de janeiro de 2020. No dia 13 de março, do mesmo ano, passa a dedicar-se a carreira docente assumindo salas em caráter temporário na rede estadual de Ensino.

DOCÊNCIA

Em 2020, cria e aplica a metodologia “Poemas Uivantes para Seres Falantes: Proposta de Multiletramentos na Rede Pública” lançando livro sobre o tema em 2021. Ganha destaque na rede estadual com a criação da Rede de jornais escolares Camões, criando – até abril de 2021 – quatro jornais escolares.

Passou a atuar dando aulas em universidades (esporadicamente), além da produção de conteúdo, de palestras e treinamentos a docentes. Atualmente dedica-se no desenvolvimento da metodologia.

NA LITERATURA

Sua paixão por literatura começou no Ensino Médio com a criação fictícia do Movimento Literário do Século XXI. Em 2019, lança seu primeiro livro pela editora Buriti: “Ápeiron”. Nos meses subsequentes, lançou:

Ápeiron (2019)Amazon ou Clube dos Autores

Homeomerias (2019)Amazon ou Clube dos Autores

Nheengatu (2020)Amazon ou Clube dos Autores

Ataraxia (2020)Amazon ou Clube dos Autores

NA MÚSICA

Compositor e músico autodidata foi membro fundador da banda R.A.R.U.S (1998), Nothanxs (2003), Delunes (2004-2018). Em 2010, assina contrato com o selo Blast Stage Records para o lançamento do EP “Las Vegas”. Disco que foi lançado somente em 2017. Assina a composição de todas as músicas unto com os demais integrantes, se filiando a Associação Brasileira de Compositores.

Foi compositor, produtor e roteirista do clipe da música Mexicalli, single do EP que chegou a ser distribuído pela ATV Sony Music. Comercialmente, a banda chega ao fim em 2017.

VIDA PESSOAL

Casou-se com Thais Machado Bueno em 2014. Possui quatro filhos: Cristiano, Emanuela Sarah e Olívia.


Antonio Archangelo em 2017

Currículo Lattes

Linkedin

Vamos construir algo juntos.


5 Comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s