Justiça determina “ônibus gratuito” para a eleição em Rio Claro

Nesta sexta-feira (28), a Justiça determinou “Passe Livre“ no dia 30/10, segundo turno das eleições, em Rio Claro. A decisão aconteceu diante da negativa do prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) em conceder o benefício.

Rio Claro “libera” gradualmente particulares

É de competência do Conselho Municipal da Educação, independente de particular ou pública, fixas diretrizes para "a organização do sistema municipal de ensino e para o conjunto das escolas municipais públicas e particulares, no âmbito do município"

Perissinotto indica médico que teve contas irregulares durante gestão da Saúde no governo Altimari

O médico é um dos gestores rio-clarenses que consta na relação de agentes com contas irregulares por gestão da própria pasta nos anos de 2010, 2011, e 2012, durante o governo Du Altimari (MDB) todas consideradas irregulares para o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Voluntário é aposta para evitar crise de credibilidade da Câmara de Rio Claro no início de 2021

O nome que transita entre os descontentes e entre os que querem evitar o desgaste desnecessário com a opinião pública, apostam do vereador reeleito Geraldo voluntário, MDB.

Com nomes do governo Altimari, prefeito eleito anuncia secretários sem a “Saúde” e “Segurança”

Gustavo Perissinotto, agora PSD, surpreendeu ao anunciar os primeiros nomes do alto escalão da administração sem os secretários da Saúde e da Segurança.

Nome de confiança do Secretário afastado do governo Juninho assume Secretaria de Finanças de Perissinotto

A funcionária efetiva era pessoa chave durante gestão do Secretário Municipal de Finanças de Rio Claro, Gilmar Dietrich afastado da função a pedido do ministério Público

Futuro da nova gestão de Rio Claro é tema de debate na terça-feira

Entre os temas: a escolha dos secretários municipais do prefeito Gustavo Perissinoto (PSD). E a eleição do vereador José Pereira (PSD) como presidente da Câmara Municipal.

Com discurso de resgatar imagem, vereadores elegem condenado por improbidade para a presidência da Câmara

O atual governo já indicou um denunciado por improbidade para a Habitação e na Saúde um gestor com contas rejeitadas. Agora garante o governo na presidência com um condenado por improbidade